Veias Varicosas: prevenção e melhores tratamentos para evitar os riscos

As veias varicosas são veias dilatadas e tortuosas que se tornam visíveis sob a pele, causando desconforto e problemas estéticos. 

Conhecer suas causas é fundamental para entender quais são os tratamentos e principalmente os hábitos preventivos.

Vamos abordar isso e muito mais para que você veja as formas de lidar com as veias varicosas para aliviar sintomas e recuperar a estética das suas pernas.

Acompanhe!

O que são veias varicosas? 

As veias são vasos sanguíneos que levam o sangue de volta ao coração depois de circular pelo corpo. 

Para isso, elas possuem válvulas que impedem o refluxo do sangue. Quando essas válvulas não funcionam bem, o sangue se acumula nas veias, aumentando a pressão e fazendo com que elas se dilatem causando uma deformação.

O nome técnico disso é insuficiência venosa crônica ou IVC e acontece por vários fatores, especialmente genéticos.

Como as veias varicosas se formam? 

Como já citamos, os fatores genéticos são os principais componentes na formação de veias varicosas, por isso, quando há casos na família, é importante prevenir.

Além disso, há alguns hábitos que podem contribuir para a formação de varizes como:

  • Obesidade;
  • Sedentarismo;
  • Gravidez;
  • Uso de anticoncepcionais;
  • Tabagismo;
  • Envelhecimento;
  • Traumas ou cirurgias nas pernas;
  • Exposição ao calor.

Todos esses casos podem afetar o fluxo da circulação sanguínea, dificultando o retorno do sangue para o coração formando os coágulos.

Veias Varicosas: prevenção e melhores tratamentos para evitar os riscos

Quais são os sintomas das veias varicosas? 

Os primeiros sintomas das veias varicosas costumam ser visuais, mas para que a condição seja confirmada, outros sintomas estão associados como:

  • Dor, cansaço e sensação de peso nas pernas;
  • Inchaço nos tornozelos e pés;
  • Coceira e ardor na pele;
  • Alterações na cor e na textura da pele;
  • Úlceras (feridas) nas pernas;
  • Sangramento das veias.

Normalmente ao fim do dia esses sintomas são mais intensos, principalmente se a pessoa passar muito tempo em pé ou sentado, o que dificulta a circulação sanguínea nas pernas.

Quais são os fatores de risco? 

Alguns fatores podem aumentar o risco de ter complicações com as veias varicosas, como:

  • Idade avançada;
  • Sexo feminino;
  • Histórico familiar;
  • Gravidez múltipla;
  • Infecções nas pernas;
  • Trombose venosa profunda.

Sem tratamento e com hábitos prejudiciais, as veias varicosas podem desencadear uma trombose que se não tratada pode gerar uma embolia pulmonar.

Portanto, o quanto antes os sintomas forem detectados, um cirurgião vascular ou angiologista deve ser procurado.

Isso porque, no início dos sintomas é possível iniciar tratamentos pouco invasivos como meias de compressão e medicamentos, sempre sob supervisão do seu médico.

Como é feito o diagnóstico de veias varicosas? 

O diagnóstico de veias varicosas é feito pelo médico angiologista ou cirurgião vascular, que avalia os sintomas, o histórico familiar e o exame físico do paciente. 

Para confirmar o diagnóstico e verificar a extensão do problema, o médico pode solicitar exames complementares como ultrassom e flebografia.

Estes métodos conseguem analisar o fluxo sanguíneo em busca de sinais de coágulos, também por meio de contraste no caso da flebografia.

Veias Varicosas: prevenção e melhores tratamentos para evitar os riscos

Tratamento de veias varicosas 

Os tratamentos são sempre indicados pelos médicos após confirmação examinatória e visam principalmente aliviar os sintomas.

A depender das causas, pode ser indicado atividades complementares para contribuir com o tratamento.

Por exemplo, no caso de pacientes sedentários, é preciso aliar exercícios físicos periódicos em conjunto com o tratamento.

Cada caso deve ser analisado individualmente, porém em geral o objetivo é evitar a intervenção cirúrgica que é o método mais invasivo.

Nos métodos menos invasivos temos as meias de compressão já citadas que fazem uma pressão nas pernas facilitando o retorno do sangue ao coração.

Alguns medicamentos como anti-inflamatórios e anticoagulantes agem diretamente no alívio da dor e desconforto.

Um exemplo está nos produtos da linha Varicell, com comprimidos que proporcionam o aumento da resistência vascular periférica, melhorando assim o retorno do fluxo sanguíneo.

A versão Varicell creme, pode ainda trazer um alívio imediato aos principais sintomas apresentados pelas varizes, sendo uma forma eficiente para o tratamento de formas leves da condição.

Nas formas intermediárias  temos a escleroterapia que é um procedimento que injeta uma substância esclerosante nas veias varicosas, fazendo com que elas se fechem e sejam reabsorvidas pelo organismo. 

É indicado para tratar as veias varicosas pequenas e médias, como as microvarizes e as veias saltadas.

A última maneira e mais invasiva é a intervenção cirúrgica que pode precisar de anestesia, por isso só é recomendada quando os demais tratamentos não surtiram o efeito esperado.

Perguntas frequentes sobre veias varicosas 

A seguir vamos sanar as principais dúvidas relacionadas ao surgimento e tratamento das veias varicosas.

Qual é a diferença entre veias varicosas e varizes?

As veias varicosas são um tipo de varizes, que são veias dilatadas e tortuosas que se tornam visíveis sob a pele.

São mais grossas e profundas do que as outras varizes, como as telangiectasias (aranhas vasculares) e as reticulares (microvarizes).

O que pode causar as veias varicosas?

As principais causas são genéticas, porém outros fatores contribuem como obesidade, sedentarismo, gravidez, uso de anticoncepcionais, tabagismo, envelhecimento, traumas ou cirurgias nas pernas e exposição ao calor.

 Esses fatores podem prejudicar a circulação sanguínea nas pernas, dificultando o retorno do sangue ao coração e favorecendo a dilatação das veias.

O que são veias varicosas superficiais?

As veias varicosas superficiais são aquelas que estão localizadas logo abaixo da pele e podem ser facilmente vistas. E

Aparecem em diferentes tamanhos e formas, como linhas finas ou grossas, ramificadas ou retorcidas. 

Seus principais sintomas são dor, inchaço, coceira e alterações na pele.

Conclusão 

As veias varicosas são um problema comum que afeta principalmente as mulheres acima dos 40 anos sendo a predisposição genética  uma das principais causas.

Causam desconforto físico e emocional, além de complicações graves se não forem tratadas adequadamente. 

Por isso, é importante procurar um médico especialista para fazer o diagnóstico correto e escolher o melhor tratamento para cada caso.

A  prevenção é sempre a melhor solução, além de medidas aplicadas inicialmente que reduzem os riscos de complicação.

A Linha Varicell foi desenvolvida para atuar na melhora da circulação, e possui opções de uso oral e tópico. O ideal é utilizar o creme para trazer alívio imediato dos sintomas e complementar também com os comprimidos.

Consulte seu médico para mais informações e conheça os benefícios da linha Varicell para o tratamento de varizes.

TAGS:

COMPARTILHE:

Conheça a Linha Varicell®

Siga Varicell®

Você também vai gostar